O que é Educação Corporativa?

O que é Educação Corporativa?

Fonte: Call Daniel

Educação corporativa ou empresarial é um termo relativamente novo, mas seu conceito não. Este tipo de educação foca a aquisição de conhecimentos necessários para as atividades da empresa que o fornece. Tornou-se um caminho alternativo para a disponibilidade de profissionais com conhecimentos apropriados a determinadas atividades sem depender de instituições externas a empresa.

A Educação corporativa pode ser definida como uma prática coordenada de gestão de pessoas e de gestão do conhecimento tendo como orientação a estratégia de longo prazo de uma organização. Educação corporativa é mais do que treinamento empresarial ou qualificação de mão-de-obra. Trata-se de articular coerentemente as competências individuais e organizacionais no contexto mais amplo da empresa. Nesse sentido, práticas de educação corporativa estão intrinsecamente relacionadas ao processo de inovação nas empresas e ao aumento da competitividade de seus produtos (bens ou serviços). Esta definição foi dada pelo site do governo MDIC.

Ao depender de competências pré adquiridas pelos profissionais, as empresas correm o risco de ficar sem o que precisam. Muitas instituições entregam seus diplomados ao mercado de trabalho de uma maneira pouco produtiva para a rotina empresarial. A massa de formandos possui muita teoria e pouca prática. Existem também os que possuem uma teoria pobre ou desatualizada. Esses fatores transformam-se em prejuízos de toda ordem, desde a escassez de profissionais qualificados até resultados ruins por jovens inexperientes ou mal formados.

A indústria encontrou uma boa solução de educação corporativa unindo forças. Desde que foi criado, em 1942, o SENAI formou 55 milhões de profissionais. Ele é integrante do Sistema Indústria – ao lado da CNI, do SESI e do IEL –, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) é reconhecido como modelo de educação profissional e pela qualidade dos serviços tecnológicos que promovem a inovação na indústria brasileira. A Eletrobras é outro exemplo “…  Concebida para desenvolver competências em seu corpo funcional, a Universidade Corporativa do Sistema Eletrobras (Unise) surge no momento em que a empresa se prepara para cumprir com excelência seu papel num setor estratégico como o elétrico   …”

A exemplo dessas, outras empresas viram na educação corporativa uma boa solução e, em maior ou menor grau, passaram a fornecer treinamentos específicos aos seus profissionais já contratados. Em alguns momentos visando suprir uma carência de profissionais externos, noutras buscando valorizar os próprios profissionais ou conquistar excelência em sua área de atuação. Esta solução vem crescendo em número de empresas adeptas e em satisfação dos profissionais treinados.

Sem dúvida que o departamento de RH possui fundamental importância neste processo. Seja escolhendo os profissionais que estarão se qualificando, ou na seleção de empresas idôneas para a aplicação dos treinamentos. Algumas instituições de ensino também já se renderam a tendência e oferecem graduação e pós graduação em Educação Corporativa. Para ler um pouco mais a respeito, veja esta matéria no site da FIOcruz.